fbpx

Como começou o Move Flow?

fáscia

Sou Fernanda Avancini, idealizadora do MOVE FLOW, educadora física e especialista em Pilates. Vou contar, resumindo, como a descoberta da fáscia me ajudou na superação pessoal e profissional das dores.

Trabalhei como professora de aulas em grupo em algumas academias durante a faculdade, mas logo abandonei a profissão para me dedicar a vida de bailarina que já trilhava desde os 17 anos. Além da dança, comecei a trabalhar com eventos e segui por alguns anos em uma jornada exaustiva trabalhando de dia e de noite sem pausa.

Um belo dia, após um trabalho com dança, acordei sem os movimentos do pescoço e do meu braço direito… estava travada na cama sem me mexer. Já havia “travado” a lombar, mas não quis saber o que eu tinha com medo de ter que parar de dançar. Aguentei mais um ano até não suportar a dor que me acompanhava desde então. Fiz exames e descobri que tinha três protusões discais na cervical e uma espondilolistése na lombar, o famoso bico-de-papagaio. Meu mundo acabou quando o ortopedista me disse que eu deveria trocar de profissão, se não eu seria uma futura operada da coluna após os 30 anos.

Determinada a mudar meu estilo de vida decidi fazer a formação em Pilates (Sttot Pilates), que foi um divisor de águas em minha vida! Logo fui melhorando as dores e me tornando cada vez mais apaixonada pelo método!

Alguns anos se passaram e eu ainda sofria com altos e baixos das dores. Não entendia o que eu fazia de errado…

Foi quando eu conheci o ZEN.GA, que combina o Yoga com Pilates. Me senti extremamente leve e livre de tensões após a prática e fui me aprofundar mais sobre o método. Além disso, conheci logo em seguida a prática GARUDA, que  me inspirou ainda mais a me movimentar de maneira mais fluída e natural. As duas metodologias são pensadas pela liberação das fáscias musculares.

Mas a minha grande paixão foram os movimentos explorados com a overball… me senti segura e leve para realizar movimentos que antes eram difíceis para meu corpo.

Essas bolas revolucionaram a minha maneira de conduzir as aulas. Por meio delas, eu descobri o poder da respiração e uma série de movimentos que me auxiliaram a aliviar as minhas tensões e a dos meus alunos!

ENCONTRANDO O FLOW: A DESCOBERTA DA FÁSCIA

Em 2013 vivenciei pela primeira vez uma aula de Fáscia em movimento em um novo curso, esse foi um divisor de águas na minha vida . Desde então comecei a estudar a Fáscia e criar centenas de exercícios com as bolinhas melhorando as suas dores e a dos seus alunos.

Já em 2016, quando ministrava uma aula de Fáscia em movimento a Marcela Piston foi fazer sua aula e notou que aquilo era bem diferente da aula do método que a Fernanda achava que estava dando e disse: “ISSO É UM MÉTODO, ISSO É MUITO LEGAL E VOCÊ DEVE DESENVOLVER ALGO. EU TE AJUDO A DIVULGAR”.

Para embasar ainda mais o método busquei conhecimento fora do Brasil e a principal influência do Move Flow é o curso Anatomy Trains in Motion e o Slings Miofascial Training criado por Karin Gurtner. Além disso Robert Schleip entre outros estudos colaboraram para que o método tenha o suporte necessário para responder muitas perguntas que o treinamento da Fáscia exige.

O método continua a crescer e a atingir cada vez mais pessoas interessadas no treino com estímulo da fáscia através do autoconhecimento. Já foram ministradas mais de 40 turmas pelo Brasil e pelo mundo.

Com muito estudo, muita prática e sensibilidade nasce uma nova história: MOVE FLOW.

GRATIDÃO a todos que fazem parte desse caminho!

EnglishPortugueseSpanish